Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

A cidade de Andirá, mais uma vez, foi destaque na relação entre o número de admissões e demissões no mercado de trabalho. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, o levantamento de dados do primeiro trimestre de 2018 apontou que dos 399 municípios do estado, Andirá ficou em 28ª colocação, com 157 admissões e 74 demissões, um saldo positivo de 83 colocações no mercado,  nestes três primeiros meses do ano (janeiro, fevereiro, março). A agência do Trabalhador de Andirá, que compõe um grupo de nove municípios (Bandeirantes, Cornélio Procópio, Santa Cecília do Pavão, São Sebastião da Amoreira, Nova América da Colina, Sertaneja, Uraí, São Jerônimo da Serra, além de Andirá) informou que desta regional, a cidade encontra-se em segunda colocação, perdendo, apenas, para Santa Cecília do Pavão.

Mas se comparado a outras cidades, de outras regionais, que compõem o Norte Pioneiro, como, por exemplo, Santo Antônio da Platina, Bandeirantes e Ibaiti, Andirá também se destaca. A primeira, está em 50ª colocação no índice estatístico estadual; a segunda, 88ª e, a terceira, 54ª. No ano de 2017, no ranking regional, Andirá ficou, também, com a segunda colocação. A meta mínima, estipulada pela Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos – SEJU era de 258 novos postos de trabalho. Foram encaminhados 307  pessoas, porém, foram colocados 280; ou seja, 108,71%. A População Economicamente Ativa (PEA) de Andirá é de 10.303 pessoas. Santa Cecília do Pavão tinha como meta mínima, 46. Encaminhou 127 e colocou no mercado 118, atingindo 258,91%, ficando em primeiro lugar na regional.

O bom desempenho no ranking estadual, chegando à 28ª posição em oferta de vagas,  mostra o crescimento da economia do município, que superou cidades com maior população. A Prefeita Ione Abib destaca que os dados provam que o município está lutando, mesmo em meio à crise, buscando maneiras para ter capacidade de recuperação. Ela ressaltou que o município, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, tem permeado por diversas estratégias, buscando conversar com empreendedores sobre as vantagens de se instalar ou investir na cidade. Ela também destacou a instalação da Sala do Empreendedor para facilitar a abertura de pequenas empresas. “Estamos nos preparando e trabalhando muito para o crescimento. Nosso povo é trabalhador. O resultado que buscamos são as vagas de emprego e recolocar Andirá como uma das mais prósperas cidade da região", enfatiza a gestora, lembrando que o município realizou, este mês, a licitação para concessão do segundo lote de terrenos para empresas interessadas em se instalar na cidade.

A Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Sueli Nardoni, também comenta os números positivos e acredita que o resultado é fruto de  planejamento.  "Andirá é destaque na região, posicionando-se em segundo lugar na geração de empregos. O número de admissões supera o de demissões, o que considera-se um fator importante na economia do município. No Estado, estamos em 28º lugar,  importante motivo de orgulho e que aponta que estarmos no caminho certo, lutando contra o déficit de geração de emprego, realizando ações de incentivo e apoio às nossas empresas", complementa, ressaltando, ainda, o papel fundamental do Sebrae em todo processo de aplicação deste novo plano de gestão em Andirá.

Outra ação importante é a que realiza a Agência do Trabalhador de Andirá. Além de atender a população em vários serviços, a diretora Luciana Aparecida dos Santos Araújo,  informou que é realizado periodicamente visitas às empresas, com busca ativa de parcerias.  

Fonte: Tiago Dedoné / Da Seccom