Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

Para as crianças, brincar é muito mais do que atração de entretenimento. É um espaço de desenvolvimento cognitivo, da imaginação, integração, socialização, ampliação do ecossistema dialógico dentro do cenário social onde estão inseridas. O brincar é uma estratégia do processo de ensino – aprendizagem. Por isso, os espaços destinados são muito importantes em qualquer ambiente social. A Prefeitura de Andirá, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Ensino Profissionalizante, incentiva esta prática nos órgãos que compõem os serviços sociais. No Projeto Esperança – instituição que conta com dezenas de crianças e adolescentes matriculados -  já tem um ambiente direcionado e os resultados são muito significativos .

Recentemente, na unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), do Distrito Nossa Senhora Aparecida, foi inaugurada uma Brinquedoteca, que também faz parte, agora, das ofertas de ações para a comunidade. Uma solenidade de inauguração foi realizada pela Secretaria e contou com a participação de autoridades, representantes da Secretaria de Assistência, da Cultura e Comunicação, além de representantes do Conselho Tutelar e da comunidade. O espaço foi possível graças a uma integração de parcerias. Uma delas o apoio do grupo Filha de Jó (um grupo de jovens meninas que integram a Maçonaria, de Assis – SP), que fizeram uma arrecadação de brinquedos para doação à instituição. Elas vieram, relataram sobre a missão social do grupo e se colocaram a disposição para retornar à comunidade com mais atividades filantrópicas e de lazer.

De acordo com a responsável pelo CRAS do Distrito, Glayse Aparecida Pícolo Coimbra, o projeto Brinca Comigo vai contribuir bastante com as ações de integradas de proteção social às crianças e adolescentes da comunidade. Ela também enfatizou as parcerias que culminaram na instalação do espaço lúdico. A Secretária Municipal de Assistência Social, Elessandra Pacheco, agradeceu a presença e colaboração dos doadores; também enalteceu a estratégia social do projeto.  

Fonte: Tiago Dedoné / Da Seccom