Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

Estudantes de 18 a 29 anos de 135 municípios estão sendo qualificados para o mercado de trabalho, através do ProJovem Trabalhador.Com recursos do Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), o Governo do Paraná está investindo R$ 10,3 milhões na qualificação profissional de 6200 jovens.

Em sete municípios do Norte Pioneiro do Paraná , 267 trabalhadores frequentam cursos de qualificação profissional nas áreas de Alimentação, Administração, Serviços Pessoais, Agroextrativismo, Madeira e Móveis, Telemática, Metalmecânica, Construção e Reparos e Serviços Domésticos.

Além de receber instruções que garantem a inserção do jovem no mercado de trabalho, os estudantes também são incentivados a promover a cidadania e desenvolver o compromisso social. Desta forma, eles participam de projetos sociais, onde atendem pessoas carentes, colocando em prática os conteúdos aprendidos em sala de aula.

O secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli destaca que a qualificação profissional garante a inserção do jovem no mercado de trabalho, ampliando as vantagens e melhorando a renda do trabalhador. “O trabalhador qualificado tem um rendimento até 24% maior que aquele que não recebeu qualificação. Além disso, a qualificação profissional aumenta as chances de o trabalhador ser contratado, por estar informado e preparado para ocupar as milhares de vagas disponíveis hoje em todo o Paraná”, comenta.

O professor Lucas Ruela de Oliveira, do curso de Serviços Domésticos, ministrado a jovens de Jacarezinho explica que esse trabalho de qualificação possibilita ao trabalhador não somente o conhecimento dos conceitos do mercado de trabalho mas, sobretudo, oportuniza a prática de bons relacionamentos com a comunidade.

Oliveira esclarece que as aulas práticas do curso por ele ministrado são aplicadas em internos do Asilo São Vicente de Paulo. “Eles têm a oportunidade de colocar em prática os conteúdo aprendido, com atendimento aos idosos, acompanhando-os em passeios, cuidados com higiene e beleza e, acima de tudo, devolver a esses internos atenção, carinho e respeito que eles não têm no dia a dia. Isso ajuda bastante na melhoria da qualidade de vida dos idosos”, observa.

Alessandra Ferreira, 29 ano, é estudante do Ensino Médio no Colégio Estadual Rui Barbosa, onde frequenta o curso de Técnico em Enfermagem. Ela optou pelo curso do Projovem Trabalhador para ampliar o conhecimento técnico da área, especificamente no cuidado aos idosos. Segundo ela, os idosos têm muitas limitações, como a dificuldade de sair de casa sozinhos, muitas vezes devido ao uso de cadeira de rodas e, sobretudo, a falta da companhia e atenção de alguém com quem possam conversar e compartilhar fatos. “O convívio com os idosos me possibilitou identificar necessidades que antes eu não percebia, por exemplo, de como é importante para o idoso receber um pouco de carinho e atenção pelo simples fato de ter alguém com quem conversar. Além disso, esse curso também me ajuda a agregar conhecimento à profissão que eu escolhi”, relata a estudante.

PROJOVEM — O Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã é um programa do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), executado em parceria com o Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária (SETS). O Projovem tem o objetivo de contribuir na formação intelectual, técnica e cultural do cidadão paranaense. Os cursos têm duração de 350 horas/aulas, sendo 100 horas de qualificação social e 250 de qualificação profissional.

O estudante recebe também uma bolsa auxílio no valor de R$ 100/mês, lanche, transporte, kit escolar, material didático e camisetas com a identificação do programa. No Norte Pioneiro, a qualificação profissional atende jovens dos municípios de Curiúva, Ribeirão Claro, Jaboti, Ibaiti, Jacarezinho, Joaquim Távora e Siqueira Campos.

 

Fonte: Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária (SETS)