Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

O secretário Municipal de Cultura e Comunicação da Prefeitura de Andirá, Tiago Dedoné, esteve em Curitiba, entre os dias 06 e 07, cumprindo agendas e buscando parcerias em projetos culturais para Andirá. Entre as agendas, o Secretário esteve na Fundação Teatro Guaíra, onde apresentou os projetos desenvolvidos na comunidade andirense, entre os quais, a Escola de Comunicação e Artes, o Sarau Literário e Oficinas literárias e a Banda Musical Municipal. Durante o encontro com o diretor artístico do Teatro Guaíra, Cleverson Cavalheiro, o Secretário relatou o plano de ação da Secretaria, que além de incentivo aos espetáculos e apoio à artistas, têm, como missão, promover intervenção social, prevenção, descoberta e incentivo de talentos , protagonismo e emancipação por meio das artes.

Entre os pedidos, espetáculos do G2 Companhia de Dança, o Ballet e a Orquestra Sinfônica – ambos, produtos do Teatro Guaíra. O diretor, que há muitos anos atua na Fundação, destacou, durante o encontro, que esta foi a primeira vez que receberam pedidos de parcerias da Prefeitura de Andirá. “Conhecemos as instalações do Teatro, considerado um dos melhores do país, dialogamos sobre políticas públicas de cultura e, acreditamos que as parcerias serão de muita importância para ampliar as ações culturais em nossa comunidade”, disse secretário andiraense, ressaltando que, também, está sendo acertado um curso gratuito voltado à formação de técnicos de iluminação e som para teatros, coordenados pelos próprios profissionais técnicos do Teatro Guaíra. "Nos apresentaram esta proposta e estamos com muita espectativa nesta capacitação".

O Secretário também esteve em encontro com o Núcleo de Braille, da Biblioteca Pública do Paraná, onde apresentou à diretora do órgão, Cleomira Burdzinski,  os projetos realizados pela Biblioteca – Indústria do Conhecimento de Andirá (que ampliou significativamente o acervo e o número de cadastros diários) , e da Escola de Comunicação e Artes (que desenvolveu um trabalho de Libras – Braille). A diretora parabenizou os trabalhos e enalteceu que Andirá se destaca pela mobilização, debate e oferta de conhecimentos, que possibilita inclusão. O Secretário pediu obras literárias em Braille (uma das deficiências do acervo da biblioteca andiraense hoje) e conquistou os livros (didáticos, romances, contos; inclusive de autores consagrados como Raquel de Queiroz, Machado de Assis e Carlos Drumond de Andrade). Entre as agendas, o secretário também esteve na Assembleia Legislativa do Paraná, onde manteve reunião com o deputado estadual Felipe Francischini, sobre demandas da secretaria .

 

Fonte: Da Seccom