Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

Terminou neste domingo, dia 14, a segunda fase do Curso Introdutório de Formação Inicial e Continuada para os cargos de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Endemias, do concurso público 0001/2017, da Prefeitura Municipal de Andirá. A primeira fase aconteceu no Cine Teatro São Carlos,  nos dias 05, 06 e 07; nesta segunda, nos dias 12, 13 e 14. O evento teve coordenação pedagógica do Instituto Unifil.  Cerca de 177 pessoas participaram deste encontro que teve, como finalidade, ampliar informações sobre os aspectos que orbitam em torno destas áreas de trabalho. A formação é um requisito para os aprovados nas fases (Prova Objetiva e Teste de Aptidão Física), do concurso público. Em caso de alunos que não freqüentou as fases do curso e a realização da avaliação final, foi desclassificado.

Entre os temas bordados nesta capacitação, estiveram: Políticas Públicas de Saúde e Organização do SUS; Legislação específica aos cargos; Formas de comunicação e sua aplicabilidade no trabalho; Técnicas de entrevista; Competências e atribuições; Ética no trabalho; Cadastramento e visita domiciliar; Promoção e prevenção em saúde; Território, Mapeamento e dinâmicas da organização social. As palestras foram ministradas pelas professoras: Flávia Maria Araújo, Mestre em Saúde Coletiva e doutoranda na mesma área;  e Flávia Guilherme Gonçalves, também Mestre em Saúde Coletiva e doutoranda na mesma área.

De acordo com a Presidente da Comissão do concurso, Tatiane Aparecida Marchiori, o processo correu dentro da normalidade. “O concurso foi realizado pela Unifil e fiscalizado pelo Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate a Improbidade Adminitrativa (GEPATRIA), coordenado pela Dra. Kelen Bahena, transcorrendo sem nenhuma anormalidade. Foram realizadas provas objetivas, de títulos e teste físico, sendo homologado resultado final no dia 19 de dezembro, exceto em relação aos cargos de agente comunitário de saúde e agente de endemias, os quais dependem da frenquência dos candidatos ao curso introdutório referente aos cargos, seguida de prova  para posterior homologação”, destacou.

Os candidatos tinham o compromisso de obter no mínimo 85% de frequencia das horas/aulas práticas e teóricas e a realização da prova para avaliação dos candidatos, sendo necessário atingir 60 pontos para serem aprovados nesta fase.

Fonte: Tiago Dedoné / Secretaria de Comunicação