Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

Os moradores que residem próximo ao Lar dos Velhinhos Dona Aracy Barbosa, no final da Rua Bandeirantes, na Vila Americana, há muitos anos sofrem com um problema sério de um barranco que, além de ser usado por muitos como depósito de lixo, é ponto de alagamento, muita sujeira, provoca desconforto. A Prefeitura de Andirá, através da Secretaria de Obras e Urbanismo, com o intuito de resolver com urgência este problema antigo já fez o projeto para a reestruturação do local. É uma obra grande, que requer recursos que o município aguarda conquistar via emenda parlamentar, do Governo Federal. Entretanto, diante das dificuldades do povo desta localidade, a Prefeita, Ione Abib, deu ordem para que as obras comecem a serem implementadas com recursos do próprio município.

Quem passa pelo local já vê a diferença que, aos poucos, estão sendo mobilizadas. O talude, inclusive, já conta com uma parte de grama esmeralda. E os trabalhos, continuam. A Prefeita esteve nesta sexta-feira visitando o local e destacou a importância da obra:  “Quantas vezes disseram que seria impossível, que é obra de 1 milhão de reais, enquanto isso, o problema e a erosão só aumentaram. Não vou negar, é obra cara mesmo, e não temos dinheiro, mas vamos fazendo conforme podemos. Já protegemos grande parte do talude, e agora vamos fazer a canalização, continuando também com a melhoria no barranco”, relatou.

Durante a visita desta sexta-feira ao local a Prefeita também constatou que muitos moradores das redondezas jogam lixo, galhos de árvores e até móveis velhos no local, prejudicando os trabalhos e aumentando a proliferação de bichos e insetos. Ela fez um apelo para que a população se conscientize da importância de ajudar a cuidar do ambiente. “Na parte que já arrumamos, jogaram muitos galhos, sem necessidade, pois a prefeitura tem o dia certo para recolher. Agora, naquele buracão antigo, tem até sofá, nem sei como conseguiram jogar lá”. E comentou sobre a obra: “Não será fácil, mas vamos conseguir, temos que reconstituir todo o talude, e ajudaria muito se o povo parar de jogar lixo. Em breve, já o iniciaremos a canalização, e também pretendo fazer uma escada no ponto em que o povo está habituado a escalar o barranco”, finalizou.          

Fonte: Tiago Dedoné / Secretaria de Comunicação