Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

Montar um pequeno negócio, atuar na área, ter uma nova alternativa de geração de emprego e renda. Estes são os sonhos da Gaciela Ribeiro dos Santos que, graças a uma iniciativa da Prefeitura de Andirá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Ensino Profissionalizante e o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), poderá se tornar realidade. Ela é uma das 15 alunas que participaram do curso profissionalizante de Cabeleireiro, realizado pela secretaria, com duração de 140 horas, na sede do Cras. O encerramento aconteceu nesta sexta-feira, dia 25 e contou com a presença da Prefeita, Ione Abib, que falou às novas profissionais da beleza, sobre o mercado de trabalho na área da estética, desejando sucesso a todas elas.

Durante o encontro com a Prefeita, as alunas pediram novos cursos, de aperfeiçoamento e aprofundamento em algumas outras áreas que relacionam-se. A Prefeita informou que a Assistência Social fará novas ofertas em breve.  O curso,  ministrado pelas instrutoras Luciana Alves de Souza e Tânia Cristina de Angelo, versou sobre o seguinte conteúdo programático: Biossegurança, Normas Sanitárias, Empreendedorismo, Ética e Perfil Profissional, Fisiologia Capilar, Colorimetria Teoria, Colorimetria Prática, Hidratação e Nutrição Capillar, Corte, Penteado,  Técnica de Escovação, Prática (corte, técnica de escovação, nutrição/hidratação e penteado).  

Planos para o futuro: Martinha Secco, também aluna, ressaltou que entrou no curso visando perspectivas futuras de atuação no mercado de trabalho. Ela disse que teve facilidade para pegar os conteúdos e que as professoras foram muito boas. Ela disse, ainda, que fará a inscrição para as próximas ofertas de aperfeiçoamento. A Secretaria de Assistência Social oferta periodicamente cursos de capacitação profissional, visando a ampliação dos conhecimentos e possibilitando novos profissionais no mercado de trabalho. No próximo dia 21 e 22 de junho acontece o curso de Produção de Compotas: Geléias. As inscrições estão abertas na sede do CRAS.

Fonte: Tiago Dedoné / Da Seccom