Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

A meta é promover uma ampliação dialógica, mobilizar toda a comunidade escolar (pais, professores, direção) com o objetivo de unir forças por uma educação mais humanizada, além de instigar uma pedagogia afetiva, transformadora nas instituições de ensino do município. A Escola de Pais – projeto criado este ano pela Secretaria Municipal de Educação de Andirá -, está sendo desenvolvido em todas as escolas da rede municipal. Durante os encontros, palestras informativas, atividades de orientações, muito debate sobre a educação que emancipa, transforma e, principalmente, faz um convite às famílias para a compreensão de que a responsabilidade da educação é de todos.

O projeto teve início no dia 28 de setembro, na Escola Municipal Criança Feliz e no Centro de Educação Infantil, Elza Christiani Cervi. Na primeira instituição, os pais puderam participar da palestra “Seu Filho, Sua Herança!, ministrada pelo Pastor Roberto Ribeiro. Na segunda, o tema foi “ Limites e Afetividade’, ministrada pela palestrante Natália Del Padre Ribeiro. No dia 05 de outubro, a Escola de Pais aconteceu na Escola Municipal Santa Inês. O tema foi: “Ajude seus filhos a previr os vícios” e foi coordenado pelo diretor de saúde do município, Alessandro Otênio. No distrito Nossa Senhora Aparecida, os pais estiveram no dia 09 de outubro, na Escola Municipal do Campo Arco Iris, juntamente Centro Municipal de Educação Infantil, Nossa Senhora Aparecida. Lá, o debate permeou pelo tema: “A importância do diálogo” e foi coordenado pela secretária de Assistência Social e Ensino profissionalizante, Bernadete dos Santos Melleto.

A Secretaria de Educação de Andirá mobilizou pais e professores também na Escola Municipal Ana Nery. Sob o tema: “A responsabilidade dos pais na educação dos filhos”, as explanações foram ministradas pelo pastor Cláudio Luis Freire dos Santos, no dia 19 de outubro. Já no dia 25, do mesmo mês, a Pedagoga Claridina Nunes Pereira falou aos pais e professores da Escola Municipal Cantinho Feliz. O tema foi “Limites e Afetividade”. O mesmo tema foi apresentado à comunidade da Escola Municipal Michel Kairalla, no dia 31 e coordenado pelo Pe. Jéferson, da Paróquia São Sebastião. Nesta quarta-feira, dia 08 de novembro, foi a vez da Escola Municipal Pingo de Gente. Os pais desta instituição de ensino, puderam participar de uma palestra comandada pelo Pastor Cláudio Luís Freire dos Santos.

 

Outras agendas

O projeto Escola de Pais tem coordenação da professora Kelen Cristina Ribeiro Pereira e direção da Secretária Municipal de Educação, Laudicéa Mello Pereira, numa parceria com todas as Escolas e CEMEIs do município. De acordo com a secretária, o projeto amplia debates sobre a formação social, cidadã e alfabetização dos alunos. Mas, também, destaca que a educação é uma construção coletiva. “O projeto busca valorizar o ser humano e a vida, focando a família como principal agente formador da sociedade, a ética, a cidadania, a participação, ou seja, conscientizar os pais de sua responsabilidade na formação dos filhos e esta parceria com a escola”, explicou.

No próximo dia 14 de novembro os pais dos alunos do Centro Municipal de Educação Infantil, Francisco Tozzi, terão a oportunidade de participar de uma palestra informativa  com a fonoaudióloga Maria Ângela, da Secretaria Municipal de Saúde. O debate versará sob o tema: “Fases do desenvolvimento dos filhos e a importância do diálogo”.  No dia 21 de novembro será a vez dos pais do CEMEI Menino Jesus. O tema será: “A responsabilidade dos pais na educação dos filhos” e a ministrante será a pedagoga Elessandra Coelho. Para terminar este primeiro ciclo de palestras e debates, no dia 28, a professora Patrícia Noveli irá apresentar uma explanação sobre ‘Limites e Afetividade”, aos pais e professores do CEMEI Santo Antônio. 

 

Fonte: Tiago Dedoné / Da Seccom