Prefeitura Municipal de Andirá - Paraná

Com o objetivo de promover autonomia e o protagonismo das famílias em maior situação de vulnerabilidade social e risco, o programa Família Paranaense, do Governo do Paraná e aplicado em parceria com os municípios, tem como meta desenvolver por meio da articulação e consolidação de uma rede integrada de proteção, a promoção de ações intersetoriais planejadas de acordo com a necessidade de cada família e das realidade situacional onde elas vivem.  Iniciado em 2012, o programa já foi destaque na Organização das Nações Unidas por ser uma política estratégica de intervenção social.

Com a premissa de trabalho em rede, a Prefeitura de Andirá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Ensino Profissionalizante, realizou nesta última semana um encontro na sala dos Conselhos, para apresentação do programa aos secretários de várias áreas da prefeitura, traçar metas, ampliar diálogo para o fomento em conjunto de estratégias de intervenção social na comunidade. Foi destacado que o primeiro passo ( que é o diagnóstico dos públicos potenciais ) será realizado no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), onde se realizado o Cadastro Único. Lá, identifica-se as famílias prioritárias e já direciona para as áreas de intervenção.

A secretária de Assistência Social, Bernadete dos Santos Melleto, informou que no CRAS será feito o levantamento das famílias que serão atendidas pelas secretarias com projetos específicos de intervenção e mobilização social. O tempo de permanência da família no programa é de dois anos. As famílias que são atendidas pelo programa Renda Família Paranaense (Transferência de Renda com condicionalidades às famílias, de maneira complementar ao Bolsa Família) também serão acompanhadas com o Família Paranaense.

O projeto, no município, tem coordenação do Comitê Municipal ( que são os dirigentes de secretarias envolvidas), Comitê Local (que são os servidores direcionados pelos secretários para estarem diretamente nas ações de aplicação). Há, também, a Unidade Gestora Estadual e a Unidade Gestora regional, que dão subsídio informacional e técnico, além de acompanhar os trabalhos nos municípios. Os secretários de Obras e Urbanismo, André Maluzzi; Esporte e Lazer, Juraci Bernardino; Cultura e Comunicação, Tiago Dedoné; Saúde, Paulo César Fernandes; Educação, Laudicéa Mello Pereira; Viação e Serviços Públicos, Adilson dos Santos e Assistência Social, Bernadete dos Santos Meletto, participaram do evento e assumiram o compromisso de mobilização conjunta para o desenvolvimento de planejamentos de intervenção social por meio do programa. 

Fonte: Da Seccom